Como Agradar e Chamar Maria Padilha

Como Agradar e Chamar Maria Padilha

Agradar a pomba gira Maria Padilha é importante para estabelecer uma conexão com ela, mas, antes de mais nada, agradar Maria Padilha é possível através de algumas virtudes valorizadas por ela, que incluem a honestidade, a coragem e a determinação.

Sim, Maria Padilha se agrada não apenas com oferendas, mas também com comportamentos que devem ser adotados para se conectar com ela.

Maria Padilha tem um papel importante na espiritualidade e é uma entidade espiritual frequentemente associada à figura de uma Pomba Gira, no entanto também é vista como uma protetora dos necessitados, uma guia espiritual que pode ajudar as pessoas a encontrar sua verdadeira vocação e a superar os obstáculos que surgem em suas vidas.

Maria Padilha aceita algumas oferendas bem comuns, que incluem velas, flores, bebidas e comidas, mas, como já foi dito, para agradá-la também é necessário ter comportamentos e atitudes que ela goste.

Maria Padilha gosta de velas vermelhas acendidas em sua honra e também é conhecida por apreciar bebidas e comidas específicas, porém para estabelecer uma conexão verdadeira com ela, é importante adotar uma abordagem sincera e respeitosa.

Numa meditação ou oração à Maria Padilha, por exemplo, é importante que você concentre-se em suas intenções e visualize claramente o que deseja alcançar, além de respeitar as tradições e os costumes locais ao participar de quaisquer celebrações ligadas à Maria Padilha e, claro, ter a mente aberta para aprender mais sobre a espiritualidade afro-brasileira.

Maria Padilha espera que você possa se conectar com ela de maneira mais eficaz, por isso agradá-la não se limita apenas a oferendas e práticas espirituais e, por ser uma entidade poderosa e influente na espiritualidade afro-brasileira, muitas pessoas recorrem a ela em busca de ajuda espiritual de maneira significativa e profunda.

Mas para agradar Maria Padilha, não é necessário oferendas fortes. Para agradar Maria Padilha, basta aprender as principais oferendas que aumentarão as chances de sucesso do seu pedido a essa entidade.

Agradar Maria Padilha é preciso para obter a sua ajuda espiritual e agradá-la vai permitir que você faça um pedido à ela.

Você pode agradá-la com rosas vermelhas, com perfumes cheirosos. Maria Padilha aceita oferendas que não são complicadas, mas sim simples.

Aliás, Maria Padilha é uma entidade voltada para mulheres e tem uma força enorme e uma grande capacidade de fazer com que os desejos das mulheres possam se transformar em realidade.

Maria Padilha é uma entidade conhecida como pomba gira e junto dela estão outras entidades também muito fortes, desse modo, ela é capaz de atender aos mais variados pedidos das mulheres.

Maria Padilha é voltada as questões femininas e reúne uma grande capacidade espiritual para atender solicitações feitas à ela, mas ela só será capaz de receber a sua solicitação se for algo justo e que merece ser realizado.

Maria Padilha é conhecida por ajudar as mulheres e pode ser muito eficiente ao fazer com que um homem fique encantado por você, por exemplo, pois ela se mostra capaz de mexer com a cabeça do homem desejado, tornando-o um seguidor da mulher que faz o pedido.

Além disso, Maria Padilha também pode construir uma família, melhorando a fertilidade da mulher. Enfim, ela pode realizar uma série de desejos de muitas pessoas, sobretudo do gênero feminino.

Para Maria Padilha, será mais fácil conseguir o que você deseja se antes você compreender o poder dela, se você se esforçar e colocar muita fé em todo o pedido, seja lá qual for a oferenda escolhida.

Maria Padilha entende a importância de saber selecionar as oferendas com qualidade e, se houver a escolha correta, seu pedido estará muito mais perto de virar realidade.

Maria Padilha é sempre descrita como uma mulher bela, sensível e que aprecia o lado bom da vida, então ela apreciará o agrado para solicitar algo.

Para Maria Padilha, as rosas são um presente e tanto e, para agradar a essa entidade, ofertar perfumes cheirosos pode ajudar muito.

Maria Padilha gosta de itens femininos que possam exaltar a sua beleza. Por ser uma entidade muito associada aos prazeres da vida mundana, adora receber presentes desse tipo.

Mas muito mais que receber presentes, Maria Padilha gosta de conceder desejos às pessoas, claro, quando trata-se de algo justo.

Maria Padilha tem todo o poder da mulher e oferendas acabam por serem uma grande escolha para agradá-la, porque ela receberá esse agrado de coração, como um presente verdadeiramente selecionado.

E lembre-se, Maria Padilha não analisa apenas a oferenda dada, é importante ainda se entregar muito espiritualmente para abrir os seus caminhos.

Assim, Maria Padilha poderá lhe ajudar de variadas maneiras, pois ela aceita receber uma série de presentes, desde que tenham relação com o seu jeito de ser.

Maria Padilha é uma entidade feminina e, como mulher, poderá atender ao que mais quer. Ela aceitará positivamente suas oferendas se pedir ajuda com dinheiro, por exemplo, e, neste caso, aceitará receber presentes que não sejam tão elaborados.

Maria Padilha trata melhor de questões associadas ao mundo feminino, por isso recebe melhor as oferendas das mulheres e, e entregar-lhe uma oferenda apenas lhe prejudicará se você não cumprir o que acertou com a entidade.

Dessa forma, Maria Padilha apenas lhe ajudará e não lhe causará danos. Maria Padilha possui muita força e, por isso, deve ser muito respeitada como uma entidade de fibra.

Assim, suas oferendas podem dar muito certo e esta entidade da Umbanda pode mesmo ajudar você. Para agradar Maria Padilha, dê à ela vestidos coloridos (geralmente de cores fortes, como vermelho ou preto), bebidas doces – mas também cachaça e cerveja -, rosas vermelhas, bons perfumes, leques, joias e outros acessórios marcantes.

Ainda para agradar Maria Padilha, uma semana antes de fazer uma oferenda, limpe seu coração, evite se envolver em discussões, fique longe de bebidas alcoólicas e jamais deseje o mal a qualquer pessoa.

E lembre-se de respeitar as religiões afro brasileiras, pois Maria Padilha, também conhecida por dama da madrugada, rainha da encruzilhada e senhora da magia, é uma falange/ou agrupamento de pombas giras pertencente ao sincretismo das religiões afro-brasileiros umbanda e da quimbanda.

Para agradar Maria Padilha, você deve colocar objetos que a agradam, como champanhe, maço de cigarros finos, espelho, bijuteria, perfume, etc, em uma encruzilhada em sinal do seu agradecimento.

Maria Padilha gosta de cigarros, champanhe, rosas vermelhas, perfumes, anéis e gargantilhas, batons, pentes, espelhos e farofas feitas com azeite de dendê e atende pedidos relacionados à pessoa amada, em sua maioria.

Maria Padilha é poderosa e muito forte e você pode realizar uma prece à ela com uma vela branca ou vermelha.

Maria Padilha, talvez a mais popular pomba gira, é considerada espírito de uma mulher muito bonita, branca, sedutora, e que em vida teria sido prostituta grã-fina ou influente cortesã, então lembre-se disso sempre que for fazer um pedido ou um agrado à ela, pois ficará mais fácil saber o que pedir à ela e como agradá-la.

Além disso, Maria Padilha é uma falange de pombas giras da Umbanda e da Quimbanda e, lembrar-se disso pode lhe ajudar com seus pedidos e agrados à entidade.

Agradar a pomba gira Maria Padilha também é tão simples quanto dar à ela a comida que ela gosta. Maria Padilha gosta de oferendas para exu mulher e se fizer com uma oração de saudação, melhor ainda.

Maria Padilha e todas as entidades da sua falange abrem caminhos, basta pedir e colocar a oferenda em uma encruzilhada.

Maria Padilha é uma rainha gloriosa que combate males espirituais e materiais e ilumina caminhos.

Como Agradar sua Pomba Gira

Como Agradecer e Fazer um Pedido à Maria Padilha

Como Chamar Maria Padilha

Chamar Maria Padilha é tão simples quanto dar à ela bons adjetivos e, em seguida, fazer-lhe seus pedidos.

Maria Padilha aceita pedidos relacionados à pessoa amada e está sempre gargalhando para afastar o mal e espantar espíritos ruins.

Maria Padilha pode lhe atender se você saudá-la, tratá-la como amiga e como um espírito forte e poderoso.

Maria Padilha irá atender o seu pedido, também, dando à ela o que ela gosta, como perfumes. Ela faz muito na vida das pessoas e é uma das principais entidades da umbanda e do candomblé.

Repleta de amor, oferece ajuda para concretizar relacionamentos para pessoas que sofrem de paixões não recíprocas e também gosta de beber e combater inimigos.

Maria Padilha tem um jeito sútil e meigo de falar, mas uma força gigantesca para defender os seus. Maria Padilha traz o amor de volta e pode fazê-lo se tornar seu definitivamente.

Maria Padilha sagrou-se como a única esposa de Dom Pedro I de Castela, tornando-se a legítima rainha e exercendo seu poder e influência mesmo depois de morta, então você pode confiar nela como uma entidade que pode lhe ajudar a casar, a ter status, poder e influência.

Confira o artigo: Como Invocar Maria Padilha? + 4 Maneiras de se Aproximar de Maria Padilha e Obter uma Resposta Dela

Chamar Maria Padilha com Ponto Cantado

Maria Padilha também pode ser chamada através de pontos cantados, como este:

“Maria Padilha, eu preciso de você/ Maria Padilha, eu preciso de você/ Vamos jogar o jogo da amarelinha/ Se eu perder, você me ganha/ Se eu ganhar, você é minha”

Cada ponto tem sua finalidade e pode homenagear uma entidade específica, mas às vezes você pode ouvir um ponto que era de Maria Molambo sendo cantado para uma Maria Padilha apenas com a substituição do nome, por exemplo.

Veja:  Saudação à Maria Padilha

Maria Padilha também pode ser chamada com poderosas rezas, afinal ela é uma das mais importantes e populares pombas giras da história e é considerada uma das pombas giras com mais orações poderosíssimas para ajudar a trazer um amor de volta.

Maria Padilha apenas precisa que você se prepare para um momento de concentração e tranquilidade para fazer a oração com muita fé, afinal ela é a feiticeira das pombas giras e o poder da sua oração é indiscutível.

Além disso, Maria Padilha traz segurança para a vida daquelas que a procuram e aceita pedidos relacionados a pessoa amada ou a quebras de feitiçarias.

Maria Padilha traz o amor de volta, deixa ele de quatro, acaba com o sofrimento, amarra a pessoa amada e mexe com os desejos e pensamentos da pessoa amada.

Maria Padilha ajuda em qualquer situação, mas principalmente para atrair o ser amado, afinal ela é uma das principais entidades da Umbanda e do Candomblé, da linha da esquerda, sendo também conhecida por Dona Maria Padilha, e considerada a Rainha das Pombas Giras.

Maria Padilha é uma Pomba Gira poderosa capaz de auxiliar em problemas de amor, saúde, afastar indesejáveis e desmanchar feitiços.

Maria Padilha só precisa que você faça um ritual à ela ou um despacho, e tem várias orações conhecidas, realiza trabalhos para auxiliar em problemas de saúde, desfazer feitiços e, principalmente, em dissolver problemas amorosos, faz amarração para trazer o seu amado(a) de volta e não tem hora exata para nem uma fase da lua específica para os rituais, despachos, orações ou trabalhos, basta solicitar a ajuda dela quando for necessário.

Maria Padilha apenas precisa que você conheça a força e o poder dela para atender seu pedido, seja relacionado à pessoa amada, seja relacionado à si mesma.

Porém, procure Maria Padilha somente se tiver absoluta certeza do que quer, pois tudo a respeito de Maria Padilha é poderoso e o trabalho que Maria Padilha faz, ninguém desfaz.

Maria Padilha precisa da sua fé e que você dê à ela objetos que a agradem. Há várias lendas sobre sua origem e história, cuja mais confiável diz que ela nasceu em Astudilho, Palencia, Espanha por volta do ano 1334, onde encantou-se por D.Pedro e fez um feitiço de amor com um espelho mágico para que ele se apaixonasse por ela.

Então, se você quer chamar alguém que você ama para o pé de si, Maria Padilha tem preces para isso, sendo inclusive uma das mais procuradas.

Maria Padilha traz o amor de volta, basta pedir isso à ela e confiar nos poderes dela. Maria Padilha traz o amor de volta e faz ele chorar nos seus pés, virando a cabeça dele para o amor, basta invocar os poderes dela para que ela realize seu pedido.

Maria Padilha traz o amor desesperado também com rituais com oferendas, conseguindo total domínio sobre a pessoa e provocando muita saudade para que lhe procure.

Com Maria Padilha, é possível alcançar o que se mais deseja no amor e também para abrir caminhos e atrair o amor.

Maria Padilha é famosa por abertura de caminhos e aumento do poder de atração e, para ela, basta que você procure um local tranquilo, onde não será interrompido, para fazer seu pedido com fé no que pode alcançar, agradecendo ao final.

Maria Padilha está sempre transmitindo a força do amor e da fé, escondendo-nos dos invejosos e mostrando a eles que o caminho não é esse.

Maria Padilha transmite segurança, paz e felicidade, é padroeira das senhoras damas pombas giras e de todos os espíritos que viveram e sofreram nesta Terra.

Maria Padilha dá proteção, é a senhora do fogo e das almas que guarda cada dia das nossas vidas. Maria Padilha é a nossa preciosa guardiã para abrir caminhos, combater todos os males materiais e espirituais e clarear nossos caminhos para o amor puro e verdadeiro.

É aquela que também nos deixa irresistíveis e está sempre presente no amor, trazendo a pessoa amada de volta, trazendo alegria.

Pontos pra Chamar Maria Padilha (Letras)

Ponto 01:

De onde é que Maria Padilha vem
Aonde é que Maria Padilha mora
Ela mora na mina do ouro
Aonde criança não chora.

Ponto 02:

Maria Padilha,
Rainha do Candomblé
Firma curimba
Que tá chegando mulher

Ponto 03:

Maria Padilha,
Traz linda figa de ouro
Oi Saravá Rainha linda da quimbanda,
Sua proteção é um tesouro.

Ponto 04:

Ela é Maria Padilha,
De sandalinha de pau
Ela trabalha pro bem
Mas também trabalha pro mal

Ponto 05:

Quem não gosta de Maria Padilha
Tem, tem que se arrebentá
Ela é bonita
Ela é formosa
Ô bela vem trabalhar.

Ponto 06:

De garfo na mão,
Lá vem mulher bonita,
Bonita e muito formosa,
Muito formosa e muito cheia de rosas,
Lá vem Maria Padilha,
Dos 7 cruzeiros da calunga.

Ponto 07:

Oi quem mora nessa ilha
Oôâi quem mora nessa ilha
Fogo por todos os lados
Garfo seguro na mão
Rosas no chão se espalhando
Formosa ela vinha então
Era Padilha, Era Padilha
Maria Padilha
Quem não me respeita
Logo se afunda
Eu e Maria Padilha
Dos 7 cruzeiros da calunga.

Ponto 08:

Na minha encruzilhada,
Muito consagrada,
Tenho muitas rosas
Tão apreciadas
Com um perfume
Quero alegrar,
Os filhos que têm fé
E quem me chamar
Também tenho garfo,
Para espetar,
Espetar a Alma
De quem me maltratar
Sou Maria Padilha
Dos 7 cruzeiros.
Tenho Força das almas
Dos velhos do cativeiro.
Trabalhamos unidos
Numa só braçada,
Sou Maria Padilha
Formosa e muito amada.
Meu melhor vestido,
Quero ofertar,
Para o inimigo
Cor da menga pra sangrar.
O preto da minha roupa,
Vou presentear,
Ao inimigo, na escuridão vai ficar.
Aí vai minha luz
No branco da minha roupa,
A você que é bom,
E não tem língua solta.
Sou Maria Padilha
Dos 7 cruzeiros.
Saravo vocês que me vêem,
E vocês que me chamam e não creem.
Quem caminha com minha ajuda,
Muita força há de ganhar,
Mas coitado, muito coitado,
De quem me desafiar.
Minha falange é muito boa,
pelo menos eu considero,
Tenho até muitas crianças,
Como Exu, e que venero.
Trabalho de muitas formas,
O mistério é profundo,
Jogo muitos Eguns,
Em cima de vagabundos.

Ponto 09:

Meu Santo Antônio
Veio me ajudar
Enfeitar a terra
Enfeitou o Gongá
Trouxe a Padilha na gira
Para me limpar,
Saravá Santo Antônio
Saravá seu Gongá
Saravá Santo Antônio
E Padilha pra me ajudar.

Ponto 10:

Nas 7 calungas, ela faz sua ronda
É lá que é sua morada
Ela é morena e muito formosa
É lá que é sua morada
Maria Padilha da Quimbanda
Também trabalha na encruzilhada
Mas no cruzeiro faz sua ronda
E demanda na encruzilhada.

Ponto 11:

Meu garfo já chegou na terra
Estou querendo guerra
Meu garfo já finquei na terra
Estou guerreando, estou guerreando
Eu estou trabalhando
Eu estou lhe limpando
Estou lhe limpando.

Ponto 12:

Padilha, minha Pomba Gira
Padilha, minha grande amiga
Aonde você está, estou a gritar
Se está sempre me enganando
É para me ajudar.

Ponto 13:

Quando eu nasci, eu era formosa
E fui muito sacrificada
Hoje moro no cruzeiro
Ao lado de Pai Omulu
Ele é pai feiticeiro
Feiticeiro de muita força e luz
Ele é dono do cruzeiro
Ordenança de Ogum
No seu reino, eu vou vivendo
As almas que me conduzem
Me chamo Maria
Dos 7 cruzeiros de luz.

Ponto 14:

Ela é Maria Padilha
Ela agora vai girar
É nas suas 7 calungas
É lá que ela vai ficar
É logo que ela vai girar
Todo o mal ela vai levar
E quem tiver inimigo
Pensa em mim quando eu girar
Pensa em mim
Com muita firmeza
Que todo o mal eu vou levar
Quando eu chegar na minha morada
O inimigo vai pagar
É lá que a prestação de contas
E as contas não vão falhar.

Ponto 15:

Deu meia noite
A lua se escondeu
Foi lá na encruzilhada
Ouvi uma gargalhada
E a Padilha apareceu
Alaruê, alaruê, alaruê
É mojubá, é mojubá, é mojubá
Ela é Odara
quem tem fé em pomba gira
É só pedir que ela dá.

Ponto 16:

Dizem que Pombagira é uma rosa
É uma rosa que nasceu no meio do espinho
Maria Padilha, rosa sem espinho
segue os meus passos ilumina os meus caminhos.

Ponto 17:

Abre a roda (bis)
Deixa a Maria Padilha trabalhar
Quando ela vem,
Ela tem peito de aço (bis)
E o coração de um sabiá.

Ponto 18:

Foi Iansã quem te deu força
Rainha de quem tem fé
Vamos saravá (bis)
Maria Padilha, que mulher (bis).

Ponto 19:

A sua catacumba tem mistério,
Mas, ela é a Rainha do Cemitério!
Mas, ela é loira, dos olhos azuis,
Maria Padilha, Filha de seu Omolu!

Ponto 20:

Padilha ó Padilha ó
A pedra do seu anel
Brilha mais do que o sol (bis)
Com sua saia, sua rosa no cabelo,
Como é bonito ver a Padilha no terreiro (bis).

Ponto 21:

Choveu, choveu,
Só lá na calunga é que não choveu,
É que a Padilha Cruzeiro das Almas
Presta conta pra Deus.

Ponto 22:

Maria Padilha
Você é a flor perfeita
Que vem dentro desta seita
Para aqueles que tem fé…
Tú és a Rosa que perfuma a Umbanda
Vencedora de demandas,
Com amor e muito axé…
Maria Padilha, não me deixe andar sozinho,
Ponha rosa sem espinhos
Nos caminhos aonde eu passar…
Ô pombo gire, ô pombo gira
Faça um tapete de rosas para que eu possa caminhar.

Ponto 23:

Moça, me dá um cigarro do seu pra fumar
Porque dinheiro
Eu não tenho pra comprar
Vivo sozinho, vivo na solidão
Maria Padilha, me dê sua proteção
Ô moça, ô moça, ô moça
Me ajude com a sua força.

Ponto 24:

Cemitério é praça linda
Que eu não quero passear (bis)
Lá tem sete catacumbas,
A Padilha mora lá
Mora lá, mora lá
A Padilha mora lá.

Ponto 25:

Sua gargalhada ecoa na madrugada
Maria Padilha não é cinzas, ela é brasa,
Com sol ou lua, louvamos com fé
Maria Padilha está pro que der e vier
Não mexa com a Padilha, brincadeira ela não é
Transforma espinho em rosas, se fores merecedor
Na barra da sua saia, ninguém nunca encostou
Labareda de fogo queima, É o aviso que ela dá
Quem quer caminhos floridos, com ela não vai brincar.

Ponto 26:

Maria Padilha
Estou cantando em seu louvor,
Na barra da sua saia
Corre água e nasce flor.

Ponto 27:

Umbanda, sua rainha chegou
Umbanda, mais uma estrela brilhou (bis)
O salve, salve a Pomba Gira
Que veio da encruzilhada
Para alegra nossa gira,
O salve seu ponteiro de aço
Salve a sua tesoura que
Corta todo embaraço.

Ponto 28:

Quem viu o sol se esconder
Quem viu a Lua brilhar
Quem viu o espinho da rosa
Também vai ver Maria Padilha chegar (bis)
Os seus olhos são verdes
Sua cor é mulata
Seus cabelos são negros
E a sandália é de prata
Numa mão tem perfume
Na outra tem a flor
Para Umbanda querida
Maria Padilha traz paz e amor.

Ponto 29:

Que linda rosa, mas que bela mulher. É uma grande Pombo Gira, toda coberta de axé.
Eu peço a ti que me proteja ao longo dessa caminhada, abre nossos caminhos,
e nos dê sua proteção Pombogira iluminada. Laroiê, mas ela vem com sua coroa e perfumada,
salve Maria Padilha, rainha das 7 encruzilhadas!

Ponto 30:

E lá no céu, eu avistei a lua cheia clarear, e no terreiro dando as suas gargalhadas, Maria Padilha, a Mojubá.
É a dona dos meus caminhos, ela está sempre comigo e nela eu posso confiar.

Ponto 31:

Que lugar distante, numa rua tão deserta, tinha um cemitério antigo e uma catacumba aberta.
Dentro da cova tinha pano de caixão, tinha osso de defunto cravejado coração.
7 novelos de linha, tinha cadeado velho, tinha sangue de galinha, e dentro da cova tinha um vulto ajoelhado.
Era Maria Padilha trabalhando pro diabo. E vem serrar madeira, Maria Padilha.

Ponto 32:

E abre a roda, oi deixa a Maria Padilha dançar, mas ela tem dois amores ao seu lado,
um é seu marido outro é seu namorado, mas cuidado moço, eu vou te falar qual é,
é mulher de Tranca-rua e amante de Seu Zé, mas ela é linda, ela é linda demais,
Maria Padilha é mulher de Satanás, não mexa com ela, ela não mexe com ninguém,
ela é ponta de agulha, quando mexe, mexe bem!

Ponto 33:

Na família de pombo-gira
Só não entra quem não quer
Na família de pombo-gira
Só não entra quem não quer
É Maria Padilha, é Maria Mulambo
É Maria Farrapo, é Maria Mulher
É Maria Padilha, é Maria Mulambo
É Maria Farrapo, é Maria Mulher

Ponto 34:

Maria Padilha, soberana da estrada,
Rainha da encruzilhada, e também do candomblé,
Suprema é uma mulher de negro,
Alegria do terreiro, seu feitiço tem axé,
Mas ela é, ela é, ela é, ela é,
A Rainha da Encruza, a mulher de Lúcifer

Ponto 35:

Vocês tão vendo aquela bruxa parada, aquela bruxa sentada,
aquela bruxa em pé, mas ela é maria Padilha, rainha da feitiçaria.

Ponto 36:

Maria Padilha, ela é fiel, mas ela é ouro que cai do meu céu (bis)
Amor amor amor, o amor é uma palavra pra quem sabe da valor

Ponto 37:

São dois amores, são duas paixões, todas essas duas moram no meu coração,
Sem Maria Padilha, eu não sei viver, mas sem Dona Figueira, acho até que vou morrer.

Ponto 38:

Aquela ventania, ô ganga, que sopra ao pé da serra
Exu Maria Padilha, ô ganga, que vem girar na Terra!

Ponto 39:

Ela é uma flor que eu plantei no meu jardim,
Ela é uma rosa que eu plantei na encruzilhada,
Maria Mulambo, Maria Mulher!
Maria Padilha, Rainha do Candomblé!

Ponto 40:

Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha, que ilumina o meu caminhar

Perambulava pelas ruas já sem saber o que fazer
Procurava na noite uma solução para tanta dor
Sofrimento e solidão

Então eu clamei ao povo da rua
Que me enviasse, no momento, alguma ajuda, pois eu já não tinha
Força para continuar

Então eu clamei ao povo da rua
Que me enviasse, no momento, alguma ajuda, pois eu já não tinha
Força para continuar

Quando me virei vi uma mulher na beira da estrada
Trazia uma rosa em suas mão, um feitiço no olhar
Naquela bela noite de luar, deslumbrei sua dança
Com sua saia a rodar, eu me aproximei
E lhe perguntei o que ela fazia na estrada

Ela respondeu: Moço eu sou Rainha, vim lhe ajudar
Sou Maria Padilha
Ela respondeu: Moço eu sou Rainha, vim lhe ajudar
Sou Maria Padilha

Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha

Quando eu precisei, oh pomba gira, você veio me ajudar
Deste outro rumo a minha vida
Hoje eu venho lhe louvar

Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha

Quando eu precisei, oh pomba gira, você veio me ajudar
Deste outro rumo a minha vida
Hoje eu venho lhe louvar

Perambulava pelas ruas já sem saber o que fazer
Procurava na noite uma solução para tanta dor
Sofrimento e solidão

Então eu clamei ao povo da rua
Que me enviasse, no momento, alguma ajuda, pois eu já não tinha
Força para continuar

Então eu clamei ao povo da rua
Que me enviasse, no momento, alguma ajuda, pois eu já não tinha
Força para continuar

Quando me virei vi uma mulher na beira da estrada
Trazia uma rosa em suas mão, um feitiço no olhar
Naquela bela noite de luar, deslumbrei sua dança
Com sua saia a rodar, eu me aproximei
E lhe perguntei o que ela fazia na estrada

Ela respondeu: Moço eu sou Rainha, vim lhe ajudar
Sou Maria Padilha
Ela respondeu: Moço eu sou Rainha, vim lhe ajudar
Sou Maria Padilha

Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha

Quando eu precisei, oh pomba gira, você veio me ajudar
Deste outro rumo a minha vida
Hoje eu venho lhe louvar

Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha
Salve Maria Padilha

Quando eu precisei, oh pomba gira, você veio me ajudar
Deste outro rumo a minha vida
Hoje eu venho lhe louvar

Ponto 41:

Moça bonita, moça faceira

É pombagira, ela é guerreira

Ela trabalha na encruzilhada…

de madrugada, de madrugada

Cemitério é praça linda
Mas ninguém quer passear

Cemitério é praça linda
Mas ninguém quer passear

Lá tem 7 catacumbas
A Padilha mora lá

Lá tem 7 catacumbas
A Padilha mora lá

Mora lá, mora lá
Mora lá, mora lá
Mora lá, mora lá

Maria Padilha mora lá..

Ponto 42:

Abre essa cova, quero ver tremer
Abre essa cova, quero ver balancear

Maria Padilha das Almas, o cemitério e o seu lugar

É no buraco que a Padilha mora
É no buraco que ela vai gira.

Gira na roda mulata faceira,
Gira, gira a noite inteira, como é lindo o seu bailar

Quando ela chega, o povo se levanta, pra saudar quem vem de Ganga
Padilha Exú mulher..

Moça bonita, que comanda a encruzilhada, solta a sua gargalhada e consegue o que quer

Olha a gira girê….

Melhores Pontos para Chamar Maria Padilha

Vídeo 01:

Vídeo 02:

Vídeo 03:

Vídeo 04:

Vídeo 05:

Vídeo 06:

Vídeo 07:

Livro Recomendado:

Banhos, Defumações, Encantamentos, Feitiços, Magias, Oferendas, Rituais e Simpatias de Maria Padilha
Banhos, Defumações, Encantamentos, Feitiços, Magias, Oferendas, Rituais e Simpatias de Maria Padilha

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Livros de Maria Padilha:

Élida Alexandre

Cartomante, taróloga, terapeuta holística e empreendedora de livros de auto ajuda espiritual, religião e esoterismo.

Site: elidaalexandre.com.br

YouTube: youtube.com/@ElidaAlexandre

Instagram: instagram.com/elidaalexandre9

TikTok: www.tiktok.com/@elidaalexandre9