Oferenda para Separar ou Unir Casal de Maria Padilha
Oferenda para Separar ou Unir Casal de Maria Padilha

Oferenda para Separar ou Unir Casal de Maria Padilha

MARIA PADILHA: RAINHA DE TODAS AS GIRAS: Livro fará você conhecer melhor as histórias dessa Rainha e suas oferendas para conquistas de amor! CLIQUE AQUI E CONHEÇA!

Essa oferenda pode ser feita tanto para separar quanto para unir casal, havendo uma pequena diferença no modo de fazer, dependendo da intenção.

Essa oferenda é de Maria Padilha e necessita de vários materiais. Não é qualquer oferenda, devendo ser feita no capricho e despachada exatamente como indicado.

Materiais Necessários:

  • 1 botão de uma camisa do homem, ou uma linha da camisa
  • 1 botão de uma roupa da mulher, ou uma linha da roupa
  • 1 garrafa de champanhe
  • 7 charutos
  • 7 rosas vermelhas
  • 1 prato de barro
  • 300 gramas de farinha de milho
  • azeite de dendê
  • 7 velas pretas (se o trabalho for feito para separar), ou vermelhas (se for para unir)
  • 1 vela branca
  • 2 taças ou copos de vidro, virgens
  • 7 fitas vermelhas
  • 1 agulha
  • linha preta (se for para separar), ou vermelha (se for para unir)
  • 1 caixa de fósforos

Como Fazer:

Em casa, prepare uma farofa com a farinha e o azeite de dendê, arrumando-a no prato. Os botões ou fios das roupas das duas pessoas devem ser costurados juntos.

Se a intenção do trabalho for unir o casal, faça essa costura com a linha vermelha. Se a intenção for a separação, use a linha preta.

O despacho deverá ser colocado junto ao cruzeiro do cemitério. Se você não conseguir ter acesso ao cruzeiro, deixe tudo do lado de fora, junto ao muro.

Se o despacho for para “unir“ o casal:

Coloque o prato com a farofa do lado esquerdo do cruzeiro ou do portão do cemitério. Arrume as fitas por cima do prato e coloque os botões ou fios, costurados com linha vermelha no centro.

Arrume as rosas em volta, acenda as velas vermelhas e a branca. Acenda os charutos, abra o champanhe e sirva nas duas taças.

Se o despacho for para “separar“ o casal:

Coloque o prato com a farofa do lado direito do cruzeiro ou do portão do cemitério. Arrume as fitas por cima do prato e coloque os botões ou fios, costurados com linha preta ao lado.

Arrume as rosas em volta, acenda as velas pretas e a branca. Acenda os charutos, abra o champanhe e sirva nas duas taças.

Para finalizar:

Cante um ponto de Maria Padilha, chamando-a para receber a oferenda. Depois disso, afaste-se, dando sete passos para trás, sem dar as costas para o despacho.

Finalmente, volte para casa. Deverá fazer na primeira sexta-feira de um mês qualquer, à meia-noite.

ORAÇÕES E AMARRAÇÕES DE MARIA PADILHA: E-book em formato PDF, com 183 páginas, contém apenas orações e amarrações de Maria Padilha. CLIQUE AQUI E CONFIRA!

Compartilhe Esta Página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *