O que são Amarrações Amorosas? Quem é Maria Padilha?
O que são Amarrações Amorosas? Quem é Maria Padilha?

O que são Amarrações Amorosas? Quem é Maria Padilha?

Amarrações amorosas são práticas religiosas feitas através de um ritual à uma entidade específica, que atende o pedido de amarração em troca de uma oferenda.

Essas amarrações são feitas por religiosos da Umbanda e do Candomblé e evocam vários tipos de entidades para fazer o trabalho.

A pomba gira Maria Padilha é uma das entidades espirituais mais conhecidas e solicitadas nos terreiros de Umbanda ou Candomblé para fazer amarrações amorosas e resolver assuntos e casos relacionados ao amor, tais como trazer a pessoa amada de volta, afastar rivais ou amantes, recuperar um relacionamento desgastado, abrir caminhos para o amor, elevar a beleza da pessoa, entre outras coisas.

Para receber um trabalho de Maria Padilha, basta pedir da forma correta e esperar a resposta desejada sobre total fé, credibilidade na entidade e paciência.

A pomba gira Maria Padilha, assim como outras pombas giras e exus, é uma das entidades espirituais que fica muito próxima à faixa vibratória dos encarnados e apresenta muita semelhança com os humanos, podendo assim agir mais rápido, não importa a distância que você esteja.

A pomba gira Maria Padilha tem o poder de unir as energias de duas pessoas no plano espiritual. As duas pessoas amarradas espiritualmente, o resultado será o amor constante no plano material.

Os rituais de magia seguem a mesma linha do regimento astral e precisam ser feitos para obter o efeito no plano espiritual.

As entidades trabalham em ciclos conforme o seu número. O número que pertence à pomba gira Maria Padilha é o sete, cada ciclo são sete dias.

Para que fique mais claro, a contagem dos efeitos segue os números múltiplos de sete. Especificamente, trabalha em três ciclos para um efeito satisfatório.

Após o ritual, a entidade tem a liberação para trabalhar nos pontos de energia, que é o nível alma. Em seguida, inicia-se o trabalho mental.

Neste período, a pessoa passa a ter bons sonhos, desejos e pensamentos direcionados para a pessoa que pediu o trabalho.

Não obstante, a falange da pomba gira Maria Padilha, que também são espíritos, sopram nos ouvidos da pessoa mensagens para que o pensamento seja constante de amor, saudade e libido.

Com 21 dias, a pessoa já está com as energias unidas com a pessoa que pediu o trabalho. Nesta fase, a mente já está trabalhada, momento este que ocorre os assentamentos dos efeitos.

A partir do 21º dia, o efeito aparece por completo e a amarração está feita, mas isso não impede que pessoas mais fáceis sejam influenciadas mais rapidamente, ou mesmo as que não são orgulhosas irem até a pessoa que pediu o trabalho antes do previsto.

Há diversos casos que a pessoa se declarou a outra logo após o ritual.

Importante: Somente pessoas preparadas ou prontas na religião podem invocar e controlar uma entidade espiritual.

São vários anos de estudos para a pessoa se tornar um médium que cuida da saúde das pessoas e vários anos de ensinamentos e estudos para ser um Pai ou Mãe de santo, para saber lidar com as entidades espirituais.

Não tente você mesma(o) fazer em sua casa ou em qualquer outro local. É de grande importância ter um local apropriado para realizar este tipo de ritual, o que é chamado de terreiro.

Maria Padilha é uma pomba gira muito popular que trabalha muito bem nas amarrações de amor daqueles que estão com sérios problemas no relacionamento.

Ela é ideal para trabalhos que envolvem afastamento de rivais, quebra de laços amorosos com outra pessoa, etc, pois é uma entidade mensageira de orixás guerreiras.

Saravá, Pomba-Gira, Maria Padilha - Encantos e Feitiços: Livro de Maria Padilha, entidade que trabalha na linha das almas, recebe oferendas e atende quando chamada. Clique Aqui e Confira!

Compartilhe Esta Página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *