Maria Padilha Matou o Marido?
Maria Padilha Matou o Marido?

Maria Padilha Matou o Marido?

A GUARDIÃ DAS SETE CATACUMBAS: MARIA PADILHA DAS ALMAS: Livro inspirado pelos espíritos do Preto Velho Pai Barnabé e Maria Padilha das Almas conta uma linda história de resgate. CLIQUE AQUI E CONHEÇA!

Maria Padilha é uma entidade feminina e, talvez, a mais popular pomba gira. Na sua história, ela é considerada a feiticeira das pombas giras e apegada à matéria e ao seu grande amor.

Maria Padilha é chefe de falange na linha de exu e atua como exu mulher lado a lado de exus homens. O coração dessa pomba gira é enorme.

Seu encarne no planeta Terra ocorreu em 15 de setembro de 1334 e seu desencarne ocorreu em Sevilha, em julho de 1361, aos 27 anos.

Em vida, foi a amante do rei Pedro I de Castela, casando com ele em Borgonha. Seu encontro e casamento com Dom Pedro I foram os fatos mais marcantes de sua vida e eles tiveram filhos juntos.

Ela não matou o marido, mas outras Marias Padilhas, entidades femininas que são falangeiras de Maria Padilha, podem sim ter matado seus maridos quando encarnadas.

As pombas giras das religiões afro-brasileiras foram mulheres apaixonadas por homens, muitas vezes, comprometidos, e também, muitas delas, se casaram com homens passionais, e nada impede que, várias delas, tenham matado seus maridos.

Maria Padilha foi uma mulher muito cortejada e invejada e o seu maior crime, talvez, foi ser muito influente e conquistadora.

No entanto, outras pombas giras de sua falange foram sim assassinas, e não só de seus maridos.

ORAÇÕES E AMARRAÇÕES DE MARIA PADILHA: E-book em formato PDF, com 183 páginas, contém apenas orações e amarrações de Maria Padilha. CLIQUE AQUI E CONFIRA!

Compartilhe Esta Página:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *